Natura investe R$ 73 milhões em hub logístico

Inovações otimizam cargas em caminhões e incluem processo automatizado de transporte para São Paulo

A Natura construiu em Itupeva, no interior de São Paulo, um hub logístico que inova no uso de tecnologia. Com um investimento de R$ 73 milhões, uma das novidades é um sistema até então inédito nas Américas, que gerencia o armazenamento de caixas e pallets por meio de um software de gestão customizado. A solução permite que a empresa monte pallets mistos e aproveite melhor o espaço disponível, ao mesmo tempo em que reduz o tempo de estoque e, ao otimizar também o espaço nas carretas, diminui a emissão de gás carbônico nas viagens para o Norte e Nordeste. Somente outros dois hubs, localizados na Suíça e Austrália, utilizam a mesma tecnologia.

O hub de Itupeva conta também com a automatização completa do circuito de distribuição de produtos para São Paulo. Uma carreta desenvolvida pela Natura é carregada na fábrica, em Cajamar (SP), com produtos acabados, descarregada no hub em Itupeva, montada novamente com produtos solicitados pelo Centro de Distribuição de São Paulo e por fim, descarregada na capital paulista sem nenhum contato humano. O processo de retirada e abastecimento de produtos da carreta leva apenas 5 minutos. ?Montamos toda a carga fora do caminhão e depois, através de um sistema de esteiras motorizadas e elevadores, transportamos tudo para o interior da carreta?, explica Angel Medeiros, diretor de Inovação Logística da Natura. O mesmo processo é feito no recebimento da carreta.

O hub da Natura armazenará 100% dos produtos fabricados em sua unidade fabril e por seus parceiros instalados em cidades próximas a Itupeva. De lá sairão cargas para oito Centros de Distribuição espalhados pelo Brasil e também para os países onde a empresa mantém operação: Peru, Argentina, Colômbia, México, Chile e França. Em média serão movimentadas 60 carretas por dia. O empreendimento começa a operar plenamente neste mês e deve movimentar cerca de 3 mil pallets por dia.