Congresso Internacional de Supply Chain

03 de dezembro

8h15 – 8h40 – Recepção

8h40 – Abertura pelo presidente do evento
Alexandre Oliveira, DirectorCebralog

Palestra Plenária de Abertura – Keynote Speaker
8h45 – 9h30

Supply Chain Estratégico

Porque as empresas devem apostas no Brasil e fortalecer sua atuação local e para toda a América do Sul

  • Potencial de desenvolvimento para infraestrutura
  • A digitalização viabilizando um salto de desenvolvimento
  • Empresas e entidades de representação protagonizando esse salto

Rafael Paniagua, President

Painel – plenária
9h30 – 10h45

Cenário Econômico, Investimentos, Mercados e Beneficios Fiscais

Cenário econômico, impactos e perspectivas do novo governo na atividade empresarial. Perspectivas de uma política econômica

  • Novo governo e perspectivas para o setor produtivo: agro, indústria e serviços
  • Perspectivas para mercado local e global
  • Mercado internacional – protagonismo da China e da Índia nos próximos anos e como garantir relações comerciais benéficas com estes países
André Perfeito, Chief Economist
Rafael Cervone, Presidente Emérito da ABIT e 3°Vice-Presidente da FIESP/CIESP.

10h45 – 11h45 Coffee Break

Sessões Paralelas – Casos práticos
11h45 – 12h20

Sala 1 – Supply Chain 4.0   Sala 2 –  Logística e Transportes
IoT – Aplicação do IoT em toda cadeia, desde a integração do fornecedor, à Manufatura até os centros de distribuição e o consumidor final

  • Conexões – IoT ao longo da cadeia
  • Aplicações de IoT na agricultura, no varejo e na logística
  • IoT e Omnichannel
Marcos Guimaraes,
South América Logistics Director

  Perfil dos Operadores Logísticos no Brasil
Nessa palestra será apresentado o resultado de um estudo realizado pela Fundação Dom Cabral sob coordenação do professor Paulo Resende com dados relevantes sobre infraestrutura x operadores logisticos.

  • Quais são os desafios prioritários para o desenvolvimento da área de logística e infraestrutura
  • A importância de uma retomada do investimento em transportes
  • Reforma tributária e fiscal.
  • Roubo de cargas e segurança
  • Investimentos e inovação tecnológica

Carlos Cesar Meireles,
President (CEO)

12h20 – 12h25 – Escolha a sua sala

Sessões Paralelas – Soluções
12h35 – 13h00

Sala 1 – Supply Chain Estratégico   Sala 2 – Supply Chain 4.0
Análise Prescritiva e Otimização ajudando a resolver o quebra-cabeças da nova e complexa realidade do Supply Chain englobando:

  • Planejamento estratégico de malha.
  • Planejamento integrado e colaborativo do S&OP.
  • Planejamento e programação de produção.

Andre Miyajima,
SCM Business Development Manager, Dassault Systèmes LATAM

Como as novas tecnologias irão impactar a cadeia, visão de longo prazo – o que é o futuro?

  • Como será o Supply Chain do futuro?
  • Como educar e se preparar para o que está vindo?
  • A reinvenção do Supply Chain

13h00 – 14h30 Almoço

Sessões Paralelas – Casos práticos
14h30 – 15h05

Sala 1 – Supply Chain Estratégico   Sala 2 – Supply Chain, Integração
O novo Supply Chain – em busca de sustentabilidade e uma melhor previsibilidade
Inovação e modernização compreendem um projeto forte de sustentabilidade e a captura de uma demanda mais previsível (+ Moderno/ – Reativo/ + Proativo)

  • Programação e previsão de demanda
  • Sustentabilidade e Rastreabilidade – o mito da perda de produtividade e velocidade x precisão e conformidade
  • Alternativas para um Supply Chain mais proativo
  • Projetos disruptivos e parcerias para inovar

Erik Novaes,
Procurement & Sustainability Director

  Integração na Cadeia de Supply
A área de Supply Chain, responsável pela integração das informações, pelo fluxo da produção perde seu sentido estratégico se não tiver uma profunda conexão com diversas áreas.

  • Uma visão de integração com abordagem em Pessoas e Modelos Organizacionais, Processos e Sistemas
  • O Supply Chain como facilitador importante da integração das áreas funcionais da empresa: comercial, marketing, produção, serviço a clientes, etc
  • Case na Dow Química
  • Papel da Digitalização na Integração

Celso L. D. Fragoso,
Integrated Supply Chain/ E2E Leader

15h05 – 15h10 – Escolha a sua sala

15h10 – 15h45

Sala 1 – Supply Chain 4.0   Sala 2 – Supply Chain, Integração
O que é Blockchain e o que ele agrega ao Supply Chain e à Logística .

  • O Blockchain como proteção: integridade, rastreabilidade e compliance
  • Como ele pode auxiliar nas tomadas de decisão estratégicas;
  • Redes P2P – conexão em rede sem uma coordenação central.
Marcelo Arantes,
Supply Chain Executive Director

  Como usar o Linkedin para incrementar negócios, gerar contatos estratégicos e impulsionar sua carreira

  • O conceito de personal branding em altos executivos
  • Atitudes para construir sua marca pessoal e gerar de negócios
  • Linkedin: a ferramenta que viabiliza sua melhor exposição – como utilizar a rede a seu favor para gerar negócios e se destacar no mercado

Carla Falcão, Diretora

15h45 – 15h50 Escolha a sua sala

15h50 – 16h25

Sala 1 – Supply Chain Estratégico   Sala 2 – Supply Chain, Integração
Modelo de planejamento de longo prazo premiado: Network Design
Uma estratégia para uma área de Supply alinhada com os planos de negócios e objetivos da empresa e que garantam o atendimento da demanda.

  • O diferencial do Network Design
  • Os resultados
André Cordeiro,
Global Supply Chain Director

  Diretor de Supply Chain, COO e CPO – o perfil de profissionais preparados para protagonizarem o diferencial estratégico de uma Organização

  • Competências e conhecimentos exigidos para os próximos 10 anos
  • Valorização e diferenciais do executivo brasileiro
  • China, Índia e demais mercados em crescimento, desafiadores e com boas condições de desenvolvimento pessoal e profissional

Igor Schultz, Sócio

16h25 – 17h Coffee Break

Plenária – KeynoteSpeaker
17h00 – 17h45

Supply Chain 4.0 – NOVAS TECNOLOGIAS

A convergência de tecnologias disruptivas aplicadas à supply chain: juntando as partes

  • Inteligência artificial, machine learning e deep learning
  • Robotic process automation, augmented reality e virtual reality
  • 3D printing, IoT, omnichannel
  • Blockchain, smart-contract
  • Digitalização, intermediação, desintermediação, disrupção, inovação

Alexandre Oliveira, Director

Plenária – Keynote Speaker
17h45 – 18h30

Supply Chain 4.0 – NOVAS TECNOLOGIAS

Transformação digital na Supply Chain: uma experiência prática de uso de tecnologia digital na Cadeia
As responsabilidades da Bayer, são historicamente enormes, seja em relação à produtos e meio ambiente, seja em relação à competitividade e excelência do negócio. Essa palestra apresentará o projeto, a introdução e todo o processo de digitalização pelo qual a empresa está passando.

  • Digitalização da cadeia em um plano de longo prazo – previsão para cada etapa
  • O envolvimento da área de TI e as novas competências necessárias para se trabalhar num ambiente de grande mudança tecnológica e comportamental
  • A expectativa de ganhos

Marcelo Amaral Mendes, Supply Chain Executive Director

Plenária – Keynote Speaker
18h30 – 19h15

Supply Chain Estratégico

Supply Chain – Alternativas sustentáveis no atual cenário econômico
Perspectivas para a Supply Chain, compras e logística. Como educar e se preparar para o que está vindo? O que a Boticário já está fazendo agora pensando no futuro

  • As ações e o comprometimento com Sustentabilidade
  • Impacto do novo governo na atuação das empresas no Brasil
  • Automação, digitalização, sustentabilidade e competitividade: como realizar essa equação com sucesso

Fábio Miguel, Logistic Director

19h15 – Encerramento do primeiro dia

04 de dezembro

8h15 – 8h45 – Recepção
8h45 – Abertura pelo presidente do evento
Alexandre Oliveira, DirectorCebralog

Plenária – Painel
9h – 10h

Supply Chain Estratégico

Colaboração na Cadeia – ponto a ponto, da matéria prima ao produto final uma avaliação de melhorias no processo através de parcerias

  • Alternativas de soluções Compartilhadas em Supply Chain
  • Planejamento colaborativo
  • Logística colaborativa

Vicente Costa, Global Supply Chain Director
José Eduardo L. Wendler, Commercial and Logistics Director

10h – 11h Coffee Break

Plenária – Keynote Speaker Internacional
11h – 11h45

Supply Chain Estratégico

Como ter uma Cadeia extremamente flexível para responder rapidamente às grandes mudanças e grandes rupturas em serviços
O tema da flexibilidade diante de grandes mudanças e grandes rupturas deixou de estar associado a desastres naturais e virou um desafio cotidiano para executivos estratégicos. A Supply Chain, determina estrategicamente o sucesso de um negócio, seja ele serviços ou manufatura

  • Gestão e minimização de riscos em Supply Chain
  • Planejamento amparado por estratégias de adaptação
  • A importância do Supply Chain nas decisões estratégicas de uma empresa de serviços

Alejandro B. J. Cozzi ,
Regional VP Operations

Palestrante Internacional:
   

Plenária – Keynote Speaker
11h45 – 12h30

Supply Chain 4.0 – NOVAS TECNOLOGIAS

O projeto 4.0 focado em distribuição e logística da Natura

  • As mudanças abrangentes e rápidas que estão transformando profundamente o sistema de logístico
  • O projeto 4.0 focado em distribuição e logística da Natura
  • Logística 4.0 – da cidade para transportes de longas distâncias, o que as novas experiências podem agregar

Nestor Felpi, Distribution and Innovation Logistics Director

12h30 – 14h Almoço

Sessões Paralelas – Casos práticos
14h – 14h35

Sala 1 – Supply Chain 4.0   Sala 2 – Logística e Transportes
Supply 4.0 – uma alternativa para uma cadeia ágil e flexível. Impactos tecnológicos operacionais e simbólicos da troca de um modelo em cadeia pelo modelo em rede

  • O que significa estar com a empresa adaptada para obter os benefícios das novas tecnologias: por onde começar
  • Alinhando líderes e colaboradores
  • Dimensão do impacto nos resultados dos negócios

Diego Tamola, Supply Chain Director of Latin America
  Lições da greve dos caminhoneiros: Qual o plano de contingência para a próxima greve
Todos foram lesados com a greve dos caminhoneiros. As empresas que estão no Brasil precisam estar preparadas para enfrentar a debilidade de um mercado produtivo refém de um modal único

  • Alternativas possíveis à uma greve que feche as estradas

Carlos Eduardo Passini,
Executivo C-Level de operações Industriais e Supply Chain

14h35 – 14h40 – Escolha a sua sala

14h40 – 15h15

Sala 1 –  Supply Chain 4.0   Sala 2 – Logística e Transportes
Supply 4.0 – a revolução impactando em precisão, agilidade, eficiência e eficácia dos processos
Como as empresas estão se preparando para as grandes transformações tecnológicas dos próximos anos

  • Estratégias e caminhos para promover a transformação digital
  • Modelos de sucesso de uso de tecnologia Digital no Supply Chain
  • Áreas de atenção na hora de definir o modelo digital

Ana Paula Blanco, Master of Science in Management of Technology
Massachusetts Institute of Technology (MIT)

  Jornada da implementação do Lean nas operações de logística da Bosch na America Latina

  • Os benefícios da integração de dados
  • Maior visibilidade da cadeia de suprimentos sobre os custos logísticos.
  • Uma visão financeira da cadeia de suprimentos e a Integração através da automação e acesso às informações

Luciano Custódio,
Gerente de Logística

15h15 – 15h20 – Escolha sua sala

Sessões Paralelas
15h20 – 15h55

Sala 1 – Supply Chain 4.0   Sala 2 –  Logística e Transportes
S&OP, Inovação e DigitalizaçãoA necessidade atual de uma construção mais solida da relação marca com o consumidor final e o protagonismo da Supply Chain nesse novo desenho

  • Inovação dentro do ciclo de previsão de vendas
  • Veja como a digitalização na Supply Chain pode ser mais tangível
  • S&OP, Inovação e digitalização com foco no cliente

Denner Evangelio,
Supply Chain Director

  Projetos de Infraestrutura para o desenvolvimento em Transportes A premência da infraestrutura logística para o desenvolvimento econômico nacional e as perspectivas de diversificação à Matriz de Transportes brasileira

  • Indicadores de performance e gargalos logísticos
  • Exemplos históricos de outras nações focados em cada modal de transporte
  • Plano Nacional de Logística e expectativas para aumento de nossa competitividade no cenário global

Wagner Ferreira, Professor

Autor do livro: Infraestrutura Logística

15h55 – 16h – Escolha a sua sala

Sessões Paralelas
16h – 16h35

Sala 1 – Supply Chain, Integração   Sala 2 – Logística e Transportes
Uma politica de gestão e retenção de talentos que prioriza valores: sustentabilidade e diversidade Uma empresa que deseja desenvolver soluções para os maiores desafios do mundo, como é a missão da GE, deve partir dessa premissa internamente – selecionando e retendo talentos estreitamente alinhados com essa premissa

  • Nada mais, nada menos – a diversidade e os conflitos como base de crescimento, desenvolvimento e produtividade de uma empresa
  • Trazendo pessoas alinhadas com o propósito do negócio
  • Métodos analíticos para gerir talentos

Mauricio Valadares,
Operations Director

  Custo Brasil – desafios e oportunidades fiscais
Essa palestra apresentará uma atualização das políticas e benefícios tributários e fiscais que impactem nos negócios das empresas destacando pontos de atenção para a gestão estratégica das empresas nos próximos anos

  • Mudanças tributárias e empresariais para 2019
  • Como o fim dos incentivos fiscais e a exclusão da Substituição Tributária do ICMS em alguns Estados impactarão no planejamento tributário das empresas
  • Marco Regulatório de Transportes – o que muda para as empresas do setor
  • Compliance e práticas anti corrupção: a adoção de boas práticas garantem um negócio rentável e lícito
Alessandro Dessimoni Vicente,
Vice President

16h35 – 17h05 Coffee Break

Plenária – Painel de Encerramento
17h05 – 18h05 Painel

Supply Chain 4.0

PAINEL DE STARTUPS – 6 x 10 – 6 apresentações de 10 minutos de diversas soluções de startups para Supply Chain e áreas afins

André Almeida, President, Founder
Fábio Rodrigues, Co-Founder
Fernando Hajel Berteli, CEO and Co-Founder
Paulo Castello, CEO and Co-Founder
Michel Sehn, Founder and CEO
Gerald Blake Lee, CEO

18h05 – 18h15 Fechamento pelo presidente do evento

18h15 Encerramento do Congresso

Programa sujeito a mudanças